22 abril 2014

TÉCNICAS DE MEMORIZAÇÃO


Há muitos cursos com técnicas para ajudar os estudantes a decorarem algum tipo de conhecimento teórico. No dia 08 de março, quando ministrei na Igreja Assembleia de Deus em Vila Kennedy, ministério da Lapa, Deus me fez meditar sobre as técnicas que Ele mesmo deixou para que conhecêssemos e lembrássemos de Sua eterna vontade. Esse breve estudo pode ajudar para quem deseja fixar em seu espírito as coisas de Deus, bem como ter um melhor desempenho nos estudos. Vamos falar nesta postagem, resumidamente, sobre nove dessas técnicas:

1. OUÇA
Na escola, a primeira orientação para quem quer aprender a matéria e se dar bem no momento da prova é prestar atenção ao que o professor está ensinando. Se, enquanto o docente fala, estamos dispersos, dormindo, conversando, pensando em assuntos aleatórios, ou se entretendo no celular, não temos como aprender.

Da mesma forma, no mundo espiritual, precisamos estar atentos ao que Deus nos fala. Mas, como Ele fala?
Deus fala pelo Seu Espírito em nosso interior, pelos anjos, pelos profetas, pelos sonhos etc. Hebreus 1:1
O que você está ouvindo? Músicas seculares? Piadas pornográficas? Palavras torpes?
Deixe o que te impede de ouvir ao Senhor. Comece a ouvir a voz do Todo Poderoso!!!


2. VEJA
Além de ouvir, é muito importante também utilizar os recursos visuais para melhor compreender e memorizar aquilo que está sendo transmitido.
Os teóricos dizem que o ser humano absorve 20% do que ouve, 30% do que vê e 40% do que vê e ouve. É mais fácil decorarmos um conteúdo quando, além de escutar, podemos ver imagens, vídeos, desenhos ou mesmo acompanharmos os gestos e expressões faciais do professor.

Deus, que nos conhece muito bem, preparou para nós recursos visuais, seja na natureza (Salmo 19), em visões ou nos rituais que Ele ensinou. Desde a sequência dos sacrifícios de animais no tabernáculo e no templo, as vestimentas dos sacerdotes e sumo sacerdote, as festas anuais e semanais, os atos proféticos de Isaías, Oséias, Jeremias e Ezequiel, as pragas no Egito, os milagres de Jesus etc. Tudo era uma forma didática para Deus ensinar Seu povo.
O que você anda permitindo com que seus olhos vejam? Filmes de violência e outras coisas que abominam ao Senhor? Novelas que destroem o conceito de família? Seriados que pregam a feitiçaria, bruxaria, nova era, possessão demoníaca etc.?
Qual o teu foco? Dependendo para onde você mira o alvo, o seu destino será traçado!
Infelizmente, os povos antigos, ao olharem para os astros, ao invés de adorar ao Criador de tudo, se encurvaram diante da criação. Cuidado! Preste atenção na mensagem que Deus deixou em Sua obra!


3. ESCREVA
Uma forma que sempre me ajudou a decorar as matérias da escola foi escrever o máximo de informação possível que o professor falava. Lembro-me de um professor de geografia no Ensino Médio, Andrelino Campos, que quase não ditava ou escrevia textos no quadro. Como seu discurso é o que valia como matéria dada, na primeira prova me dei mal, mas aprendi. Passei a escrever o máximo de informações sobre o que ele dizia durante a aula. No começo foi difícil. Não conseguia anotar quase nada, pois os assuntos que o mesmo abordava eram complexos, mas isso me ajudou muito. Com o tempo, cada vez mais, eu conseguia anotar e compreender o máximo de informações.
Abrindo aqui um parêntese, ele foi uma pessoa que me estimulou muito, não só por esse detalhe da escrita, mas também por sua história que é um exemplo de conquista na vida.

O tempo de vida da humanidade diminuiu com o tempo, conforme podemos comprovar nos capítulos 5 e 11 de Gênesis. Os primeiros homens viviam quase mil anos, até chegar os dias dos reis de Israel e Judá, que são semelhantes aos nossos dias.
Como os homens viviam muito, podiam compartilhar as histórias para várias gerações e, caso alguém tentasse corromper a verdade, as testemunhas estavam ali para desmentir tudo. Como os homens passaram a viver menos, Deus levanta Moisés para começar a escrever a Palavra de Deus, para que não se perdesse nada. Tudo que Deus queria revelar, deixou registrado e já se vão 3.500 anos aproximadamente desde que se começou a ser escrito e a Bíblia permace soberana sobre qualquer livro do planeta, graças aos escritores, copistas, tradutores, pregadores e distribuidores que Deus usou.

É claro que a Bíblia não precisa de nenhum complemento. Os seus 66 livros são suficientes para nos achegarmos a Deus. Porém, continuamos escrevendo. E o que temos escrito? Coo temos usados as mãos que Deus nos deu? Para continuar divulgando as Escrituras Sagradas, ou para escrever assuntos que não edificam ninguém? Como tem sido nossas conversas pela Wathsapp, Facebook, Twitter, Skype etc.? Que tipos de textos estamos construindo nos Blogs, cadernos de escola, diários, livros etc.? Estamos disseminando a Verdade, ou estamos perdendo tempo?


4. LEIA, RELEIA
Ler sobre o assunto que queremos aprender/memorizar é muito importante.
O que andas lendo? Horóscopo? Livros de auto ajuda? Literatura secular como romances de vampiros, mortos vivos e assassinatos em série? No que tem gasto teu tempo? Nossa alma transmite aquilo com a qual a alimentamos.

Desde a pedra (dez mandamentos), aos papiros, mitra de ouro na cabeça do sumo sacerdote, pergaminhos, livro, sites com áudio etc. Deus quer que leiamos Sua Palavra.
Imagina se você escrevesse uma carta de amor para alguém, e essa pessoa nem sequer abrisse o envelope? Pois é. Assim é com o Senhor. Ele nos deixou 66 cartas de amor na Bíblia e a maioria daqueles que dizem amá-lo, servi-lo, nunca leu a Palavra de Deus toda.

Voltando à questão do ouvir, hoje é possível escutar a Bíblia através de sites, CDs, celular etc. que tem todos os versículos, um a um, em áudio. Ou seja, não tem mais desculpa nem para quem é analfabeto ou tem problema de visão (até bíblia em braile existe!).
“Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas;” Apocalipse 1:3
Quanto mais lemos, mais o Espírito Santo vai abrindo nossa visão para entender o que ali está escrito.


5. MEDITE
É claro que não basta apenas ler. É necessário refletir sobre o que estamos lendo.
Quantas vezes nos pegamos passando os olhos em uma ou mais frases em um livro, mas a mente está distraída pensando em outra coisa?
Nosso inconsciente tem o poder de nos distrair facilmente quando uma coisa não nos interessa. E, além disso, se tratando das Escrituras Sagradas, o inimigo trabalha tentando distrair nossa mente, para não absolvermos o que estamos lendo. Por quê? Por que ele sabe que é pela Palavra que nossa fé aumenta e nos aproximamos da vontade de Deus!
Somos desafiados a meditar na Bíblia o tempo todo!

“...na sua lei medita de dia e de noite.” Salmos 1:2
“...antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” Josué 1:8


6. RESUMA
Você já teve a experiência de, após ler um texto ou livro tentar resumi-lo?
Lembro que na época do Ensino fundamental, quando as professores de Língua Portuguesa principalmente pediam para fazermos resumos, eu pegava algumas frases ou mesmo parágrafos do livro que achava mais importante e copiava. Depois descobri, na época da faculdade, que isso é um fichamento. É um tipo de resumo, porém não é o ideal quando queremos fixar na mente o conteúdo que lemos.
O melhor tipo de resumo é ler, por exemplo, uma página, ou capítulo, e não usar as mesmas palavras. Diminuir vários parágrafos em apenas um, concentrando ali tudo que o escritor quis dizer, ou que você acha que ele quis dizer, mas com suas próprias palavras.
Esse método nos faz entender e gravar com uma facilidade muito maior. Muito mesmo!

E qual a relação disso com a Bíblia?
Em primeiro lugar, Deus gosta de resumos, você sabia? Pois é! Imagina se Ele fosse contar para nós toda a história do passado, presente e futuro? Não caberiam os livros. Na verdade, só a história da vida de Jesus aqui na Terra já não caberia nos livros!
Os 930 anos de Adam foram resumidos entre uns dois ou três capítulos. Os primeiros 2.000 anos de história da humanidade foram resumidos aos 10 primeiros capítulos da Bíblia.
Deus resumiu toda a Torah (os cinco primeiros livros da Bíblia) em 10 mandamentos (que, no original, são 10 palavras). Com certeza Habacuque não escreveu toda a visão no outdoor, mas um resumo dela (Habacuque 2:2). Jesus resumiu todos os 39 livros do Tanach (chamado Antigo Testamento) em dois mandamentos: amar a Deus e ao próximo! O apóstolo Paulo resumiu ainda mais dizendo que se amamos ao próximo, cumprimos todos os mandamentos.
“Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” Gálatas 6:2

Enfim, faça isso! Quando ler as Escrituras, faça resumos! Escreva de maneira sucinta a ideia que você entendeu do texto. Os pregadores costumam escrever esboços de suas mensagens. Isso nada mais é do que um resumo de algum assunto bíblico.


7. COMENTE
Mencionamos um estudo acima onde afirma-se que absorvemos 20% do que ouvimos, 30% do que vemos e 40% do que vemos e ouvimos. Pois bem, este mesmo estudo afirma que guardamos 70% do que discutimos com outros e 95% do que ensinamos a alguém.
Já percebeu como os professores têm a tendência de conhecerem muito sobre determinado assunto e terem resposta para tudo? Isso acontece porque eles compartilham aquilo que sabem. Quando falamos sobre o que lemos, temos a tendência de gravar mais rápido.

Esse é um dos motivos pelos quais Deus nos pediu para falarmos sobre Sua Palavra. Quando falamos sobre a Palavra, ela entra em nosso interior de forma especial. Como dizem, “a espada que corta aí, corta aqui primeiro”. Gera em todos os que falam sobre ela o desejo de cumpri-la:
“Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” Josué 1:8

Não preste sua boca para fofocas, intrigas, palavrões, murmuração ou qualquer tipo de assunto que não traz edificação, que não acrescenta. Não estou falando para sermos sérios, carrancudos o tempo todo. Deus é alegre e gosta de nos ver sorrindo. Porém, hoje a população gosta de ver e ouvir piadas pornográficas, que exaltam o sexo fora do casamento, que denigrem, que inferiorizam certos tipos de pessoas. Podemos ser muito felizes e brincarmos (independente da idade), mas sem se envolver com palavras torpes.
E não há tempo específico para pregar a Palavra. Pregue em todo o tempo, sempre que Deus conceder a oportunidade! As pessoas também precisam conhecer esta Verdade que liberta!
“Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.” II Timóteo 4:2


8. PRATIQUE
Concluindo a pesquisa sobre as formas de memorizar, dizem que 80% do que experimentamos pessoalmente conseguimos guardar na memória. Ou seja, uma pessoa formada em Enfermagem que não atua na área, por mais que foi aprovada com louvor, não terá facilidade em realizar todos os procedimentos aprendidos. Precisa da prática. Por isso que surgiu o Estágio. Mas, mesmo assim, com o tempo, se a prática não for constante, a tendência é esquecer. Por isso, não adianta: temos que praticar o que aprendemos.

E não é diferente no mundo espiritual. A prática nos ensina e nos faz memorizar o que Deus quer para nós.
As circunstâncias também é uma forma de Deus falar tremendamente conosco e nos ensinar. Após passar por situações muito difíceis, Jó declarou: “Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram.” Jó 42:5
O apóstolo Paulo também diz: “... a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Romanos 5:3,4

E não basta pregarmos que as pessoas devem amar umas às outras. Precisamos demonstrar o amor na prática. Quando passamos por uma situação difícil e superamos essa tribulação, a nossa vida fala por si própria, mesmo sem nenhuma palavra proferida.



Finalizando, aqueles que desejam ouvir a voz de Deus e guarda-la em seu coração, deve, com a ajuda do Espírito Santo, ouvir, ver, escrever, ler, reler, meditar, resumir, comentar e praticar!

Palavra ministrada no dia 08 de março, na Igreja Assembleia de Deus em Vila Kennedy, ministério Lapa.

2 comentários:

Fernanda Menezes disse...

Adorei o conteúdo e foi com certeza de quem tem conhecimento pela obra de Deus que é muito importante para auxiliar grandes profetas de Deus. Obrigada e Deus abençoe.
Nesse artigo abaixo encontrei também possui 10 dicas de como decorar os livros da Bíblia.

http://adoradoresgospel.com.br/como-decorar-os-livros-da-biblia/

Fernanda disse...

Adorei o Conteúdo é muito edificante. Todo cristão precisa conhecer esses ensinamentos que fazem os irmãos crescerem na graça e também no conhecimento. Muito obrigada.
http://adoradoresgospel.com.br/como-decorar-os-livros-da-biblia/